Skip to main content

A atração e retenção de talentos é um dos maiores desafios da área de Recursos Humanos das empresas atualmente. 

Além de encontrar e contratar profissionais qualificados e com fit cultural, o RH também precisa oferecer um ambiente de trabalho estimulante o suficiente para que esses talentos permaneçam na empresa. 

A retenção de talentos é uma tática da equipe de gestão de recursos humanos para assegurar que os funcionários não deixem a empresa e permaneçam nela por um período prolongado. Isso é alcançado ao focar na promoção de um ambiente de trabalho positivo e na oferta de vantagens atrativas.

Neste artigo, vamos explorar os principais pontos que influenciam na rotatividade de colaboradores. Acompanhe e descubra os principais fatores para manter os melhores profissionais em sua equipe.

Qual a importância da retenção de talentos? 

A retenção de talentos é importante para o desenvolvimento saudável da empresa, tanto em relação à produtividade e continuidade, quanto pelo relacionamento com clientes e reputação como marca empregadora

A métrica é utilizada para calcular a taxa de turnover, um indicador que considera a diferença entre os novos e os antigos colaboradores. Essa rotatividade deve estar em cerca de 10% para ser considerada saudável. 

Há uma mudança de mentalidade em curso, onde as pessoas estão reexaminando suas prioridades em relação ao trabalho, vida pessoal e família. Elas estão optando por se distanciar de empregos que são altamente estressantes, exigentes e oferecem poucas recompensas. 

Esse movimento, conhecido como “Quiet Quitting”, implica que os trabalhadores se concentrem apenas nas responsabilidades estritamente definidas em suas descrições de cargo, evitando assumir tarefas extras ou ultrapassar os limites estabelecidos. Essa abordagem reflete a busca por um equilíbrio mais saudável entre vida profissional e pessoal.

Organizações que demonstram cuidado com seus colaboradores e dedicam recursos para manter sua equipe geralmente experimentam resultados positivos como consequência dessa abordagem.

Quando uma empresa consegue manter a mesma equipe é possível manter a continuidade nos projetos e operações, permitindo o desenvolvimento de novas soluções tecnológicas. Além disso, há tendência de serem mais produtivos por já conhecerem os processos e de se tornarem ótimos candidatos para posições de liderança.

Por outro lado, as interrupções frequentes podem impactar negativamente na relação com os clientes, no tempo de execução das tarefas e no clima organizacional. 

O que prejudica a retenção de talentos?

Um estudo realizado pelo Pandapé, indica que os principais motivos de insatisfação de funcionários com as empresas são: 

  • Falta de oportunidade de crescimento;
  • Liderança tóxica;
  • Baixa remuneração e benefícios corporativos;
  • Clima organizacional ruim.

A maioria desses fatores estão relacionados à cultura organizacional, ou seja, políticas internas que guiam as metas, comportamento e objetivos da empresa. 

Entretanto, o problema com a retenção de talentos também é consequência da falta de visão ou de importância que as empresas dão para o processo de recrutamento e seleção

Os esforços para reter os colaboradores a longo prazo na organização podem abranger uma variedade de iniciativas, como:

  • Programas de treinamento;
  • Oportunidades de avanço na carreira;
  • Implementação de sistemas de bônus vinculados ao alcance de metas;
  • Melhorias no ambiente de trabalho;
  • Políticas de diversidade.

Cada uma dessas estratégias deve estar alinhada com a cultura da empresa e abordar as razões subjacentes para a saída dos profissionais. Faz parte do papel do departamento de Recursos Humanos investigar as causas que levaram o colaborador a se desvincular da empresa durante a entrevista de desligamento.

Como conseguir a retenção de talentos? 

As práticas de atração e retenção devem começar já durante o processo seletivo, momento em que é necessário entender características do perfil do profissional por ser algo relevante para o ambiente e a unidade da corporação. 

Quando isso é desconsiderado, poderá haver problemas futuros para atrair novos talentos e manter os colaboradores. Então, para conseguir manter os talentos é fundamental aplicar certas práticas desde o processo de recrutamento. 

Algumas dicas que podem ajudar são:

Para conseguir equipes mais diversas é necessário ampliar a busca por candidatos de diferentes origens e experiências. Então, alguns métodos interessantes são adaptar etapas do processo seletivo para torná-los acessíveis a diversos grupos de pessoas.

Ainda assim, a empresa também precisa contribuir com práticas cotidianas fundamentais para manter os funcionários engajados:

  • Ambiente de trabalho bom, acolhedor e sem discriminação;
  • Cultura de feedback para aprendizado contínuo e desenvolvimento;
  • Comunicação transparente;
  • Cultura de reconhecimento e valorização.

Leia mais: O que é e como desenvolver um bom processo seletivo?

5 estratégias para retenção de talentos na sua empresa

A retenção dos seus talentos é a consequência da valorização do profissional. Para que sua empresa tenha uma boa estratégia, é necessário que uma cultura organizacional mais colaborativa e empática seja adotada e incorporada de forma gradativa.

Classificamos cinco pontos fundamentais para que a sua empresa comece a estruturar tais planejamentos.

Estabeleça um plano de carreira claro

Quando os colaboradores percebem que têm oportunidades reais de crescimento dentro da organização, é mais provável que se sintam motivados a permanecer na empresa. Por isso, um plano de carreira bem definido é essencial.

Se a sua empresa ainda não possui um, saiba que existem ferramentas que podem auxiliá-lo nesse processo, como:

  • Avaliações de desempenho periódicas;
  • PDI (Plano de Desenvolvimento Individual).

Promova o bem-estar da equipe

Ações voltadas para o bem-estar físico, emocional e financeiro dos colaboradores têm um impacto direto na retenção, pois contribuem para criar um ambiente de trabalho mais positivo e acolhedor. 

Em tempos de esgotamento profissional, onde problemas psicológicos levam muitos profissionais a deixarem seus empregos, investir nessa frente é fundamental. Isso inclui cuidados com a saúde física e mental incorporados ao plano de benefícios da empresa.

Invista na formação contínua dos líderes

Cerca de metade das pessoas pedem demissão por causa de seus chefes. Isso destaca a importância de líderes capacitados para lidar com colaboradores diversos e orientá-los diante dos desafios do trabalho.

Promova uma comunicação clara e empática

Estabelecer espaços de diálogo acolhedores e comunicar as ações da empresa com clareza faz com que os colaboradores se sintam mais seguros para se expressar e mais receptivos ao feedback. 

Essa troca de informações é fundamental para construir relações de trabalho positivas e promover o crescimento contínuo das equipes.

Ofereça salários e benefícios competitivos

Embora aspectos como flexibilidade e um ambiente de trabalho positivo sejam valorizados, a remuneração continua sendo um fator importante na retenção de talentos. 

Além de um salário justo, os colaboradores também buscam benefícios que contribuam para sua qualidade de vida, como plano de saúde, seguro de vida, vale-alimentação, entre outros. É essencial não negligenciar esse aspecto em detrimento de outros.

Qual a estratégia da sua empresa para a seleção de novos colaboradores?

A retenção de talentos é uma demanda de qualquer empresa e o sucesso dela está relacionado ao sucesso da empresa. Como vimos, alcançar esse objetivo depende do cotidiano da empresa, mas também de pontos a serem avaliados desde o processo de recrutamento e seleção. 

Assim, algumas dicas para reter os melhores profissionais na sua empresa incluem implementar estratégias de diversidade e inclusão, revisar as políticas internas e criar um ambiente de trabalho atrativo. 

Precisa de ajuda para selecionar profissionais alinhados com a cultura da sua empresa? Entenda como funciona e os benefícios de uma consultoria de RH especializada em recrutamento e seleção.

Dúvidas frequentes:

O que prejudica a retenção de talentos?

A retenção de talentos pode ser um desafio por causa de diferentes fatores: Alguns exemplos são:

  • Clima do ambiente de trabalho ruim;
  • Baixa remuneração;
  • Líderes inexperientes;
  • Falta de cultura de reconhecimento e feedbacks;
  • Discriminação e exclusão.

Exemplos do que fazer para reter talentos na empresa

Algumas práticas que a sua empresa pode adotar para melhorar a retenção de talentos são:

  • Equipes diversas;
  • Seleção de profissionais com fit cultural alinhado;
  • Aplicar testes para avaliar as Soft Skills; 
  • Considerar pré-requisitos específicos para a triagem de currículo;
  • Promover processos seletivos inclusivos;