Skip to main content

A grande maioria das pessoas envolvidas no mundo do trabalho tem conhecimento sobre o papel da área de recursos humanos, RH, na contratação e no desligamento de profissionais. Mas, ainda desconhece as inúmeras funções desempenhadas por este setor e a importância que o RH tem para o sucesso de uma empresa.

Muito mais do que um setor que apenas resolve burocracias, o RH é considerado central e estratégico para uma companhia, sendo essencial para o alcance de metas e objetivos. Portanto, investir no RH é essencial para manter a empresa ativa e competitiva no mercado.

Com isso em mente, preparamos um guia completo sobre essa área tão significativa. Continue a leitura para mais informações!

Navegue para saber mais sobre recursos humanos:

O que é recursos humanos?

O termo recursos humanos, popularmente conhecido como RH, diz respeito ao capital humano, ou seja, ao conjunto de funcionários de uma empresa. Portanto, a área de recursos humanos é responsável por todos os processos que envolvem os colaboradores de uma organização e por todo o relacionamento entre empregado e empresa.

O objetivo do setor é selecionar, gerenciar, treinar e orientar os funcionários conforme a cultura, os objetivos e a obtenção das metas da organização. Além de cuidar das pessoas que fazem parte da empresa.

Devido a isso, a área de recursos humanos é fundamental para o sucesso de um negócio pois, não há como uma organização se desenvolver sem o seu capital humano.

Como surgiu a área de recursos humanos?

Há diferentes histórias sobre o surgimento da área de recursos humanos. A primeira delas indica um antigo modelo dessa área, conhecido como relações industriais, que surgiu dentro do contexto da Revolução Industrial. Durante esse período de transição dos processos de fabricação e de transformação tecnológica e social, o setor era responsável apenas pela contratação, pagamento e demissão de mão de obra.

Outra história apresenta um modelo mais similar ao do RH atual, observado na década de 1920, período no qual trabalhadores reivindicavam melhores condições de trabalho, surgiam ao redor do mundo as primeiras leis trabalhistas e, os pesquisadores observavam que no ambiente de trabalho, os colaboradores eram influenciados tanto pelas condições físicas quanto psicológicas.

O que se sabe é que os recursos humanos se desenvolveram e tomaram forma dentro das empresas conforme acontecia a evolução nas relações de trabalho. Durante esse progresso o setor adquiriu novas responsabilidades e passou a ser a área encarregada de articular todos os aspectos da relação entre o funcionário e a empresa.

O que faz a área de recursos humanos?

Como mencionado anteriormente, a área de recursos humanos é responsável por todos os processos relacionados aos colaboradores de uma empresa. Saiba mais sobre as principais funções do RH nos subtópicos a seguir.

Recrutamento e seleção

O recrutamento e seleção consiste em uma série de processos realizados visando atrair, selecionar e contratar profissionais para ocupar um cargo na empresa. Enquanto o recrutamento é responsável por divulgar a vaga e atrair o maior número de candidatos adequados para a função, a seleção desempenha todas as funções relacionadas a escolha do profissional que será contratado.

Cargos e salário

O setor de recursos humanos também é responsável por definir os cargos da empresa conforme as necessidades desta, além das funções e atividades desempenhadas pelos profissionais. O RH também fica encarregado de determinar o salário deste cargo, que deve ser compatível tanto com o mercado de trabalho quanto com as tarefas exercidas pelo colaborador.

Treinamento e desenvolvimento

Outra atividade desempenhada pelo RH é o treinamento e desenvolvimento dos colaboradores. Esses variam entre técnicos, de integração ou de soft skills e a área decide se serão feitos pela própria empresa ou se essa terá o papel de facilitadora, oferecendo acesso a cursos, webinars ou plataformas de e-learning.

Controle de ponto e folha de pagamento

O RH também desempenha as funções de controle de ponto e o pagamento. Ou seja, a área de recursos humanos administra todas as informações a respeito dos dias trabalhados, horas registradas, banco de horas e horas extras. Além das férias e das faltas justificadas ou injustificadas.

A partir dessas informações, o profissional responsável calcula a folha de pagamento e o que será descontado dessa, além dos benefícios como vale-transporte e vale-alimentação, por exemplo.

Plano de carreira

O plano de carreira é operado pela área de recursos humanos nas empresas que oferecem esse tipo de planejamento. Para isso, a área prepara um documento com o caminho que um colaborador irá percorrer dentro da organização, contendo suas metas e objetivos profissionais, além da performance necessária para alcançá-los.

Avaliação de desempenho

A avaliação de desempenho é parte importante da gestão de pessoas e por isso também é desempenhada pela equipe de RH. Com isso, a área faz um levantamento da performance dos colaboradores em um certo período e pode criar indicadores que facilitem o acompanhamento dos resultados.

Qual é a importância do recursos humanos para as empresas?

O RH é uma peça fundamental para o desenvolvimento e o sucesso de uma organização, isso porque, a área é responsável por cuidar do bem mais precioso da organização: o capital humano. Desde a admissão até a manutenção do colaborador na empresa, todas as funções desempenhadas pelo recursos humanos são essenciais para que a companhia tenha pleno funcionamento.

Independentemente do porte da empresa ou de sua área de atuação, o RH ajuda a manter o equilíbrio entre os gestores, os colaboradores, a organização e os seus respectivos interesses. Além de gerir as questões fiscais e legais no que diz respeito aos direitos e deveres do trabalhador e da empresa.

De modo geral, a gestão de pessoas efetuada pela área de recursos humanos é necessária para a:

  • Escolha de profissionais alinhados com os princípios da companhia;
  • Retenção de colaboradores;
  • Produtividade das áreas;
  • Criação e manutenção das políticas internas;
  • Manutenção do engajamento dos colaboradores;
  • Administração de questões trabalhistas, como a admissão e o desligamento de profissionais.

Quais são os indicadores de RH?

A mensuração de resultados é fundamental para verificar a performance e o sucesso de ações tomadas por uma empresa e também para a definição de novas estratégias. Com os indicadores de RH é possível acompanhar diversos aspectos do desempenho tanto do profissional quanto da companhia em sua relação de trabalho. Conheça os principais indicadores de recursos humanos.

Absenteísmo

O indicador de absenteísmo diz respeito aos atrasos e faltas frequentes dos colaboradores. Geralmente, essa taxa está diretamente relacionada com a falta de motivação no trabalho ou a problemas pessoais enfrentados pelo profissional.

Para a empresa, o absenteísmo pode representar uma queda na produtividade e no desempenho, perdas financeiras, sobrecarga de trabalho e problemas no planejamento. Devido a isso, é essencial monitorar a ausência dos colaboradores. Ele é calculado da seguinte forma:

Absenteísmo = [total de colaboradores x total de faltas ou atrasos] / [total de colaboradores x total de horas trabalhadas]

Turnover

O turnover é o indicador que apresenta os índices de rotatividade de funcionários de uma empresa, ou seja, quantos colaboradores foram admitidos, demitidos ou pediram demissão. Quanto mais alto é o turnover, pior é o nível de retenção de funcionários.

Acompanhar esse indicador é fundamental para os recursos humanos identificarem quais erros estão sendo cometidos tanto no processo seletivo quanto no dia a dia da empresa. O cálculo de turnover pode ser feito da seguinte maneira:

Turnover = (admissões mensais + desligamentos mensais / total de colaboradores) x 100

Tempo médio na empresa

Como o próprio nome sinaliza, o indicador de tempo médio na empresa demonstra o período médio que o funcionário permanece trabalhando na empresa. Ele está diretamente ligado com o índice de turnover e torna possível verificar se as ações para a retenção de talentos estão trazendo resultados positivos.

Além disso, com o tempo médio na empresa o RH analisa se é preciso investir em fatores que auxiliam na retenção de colaboradores como maior remuneração, benefícios e plano de carreira, por exemplo. O cálculo desse indicador é o seguinte:

Tempo médio na empresa (em meses) = número consolidado de meses dos colaboradores / número total de colaboradores

Índice de retenção de talentos

O índice de retenção de talentos apresenta dados sobre a eficiência das ações de gestão de pessoas no que diz respeito a manter colaboradores indispensáveis no quadro da empresa. A partir desse indicador é possível verificar a satisfação dos funcionários com os benefícios oferecidos, as condições de trabalho e a cultura organizacional.

Esse indicador também está diretamente relacionado com o turnover e pode ser calculado da seguinte forma:

Índice de retenção de talentos = (número de desligamentos / número total de colaboradores) x 100

Avaliação de aprendizagem

A avaliação de aprendizagem é calculada como forma de verificar a eficiência dos processos de treinamento oferecidos pela empresa. Para isso, é necessário avaliar os colaboradores antes e após os treinamentos, porém é importante ter em mente que a avaliação não deve seguir um padrão, visto que, cada indivíduo possui processos de aprendizagem diferentes.

Produtividade do time

Como o próprio nome indica, a produtividade do time demonstra qual é a produtividade das empresas. Esse indicador está diretamente relacionado à satisfação e ao engajamento do colaborador, isso porque, quanto mais contente está um funcionário mais ele tende a contribuir com os projetos da empresa.

O cálculo é feito da seguinte forma:

Produtividade = (produtos ou serviços gerados / recursos utilizados) x 100

Qual é a diferença entre recursos humanos e departamento pessoal?

O departamento pessoal, popularmente conhecido pela sigla DP, é, na verdade, um setor do recursos humanos. O DP fica encarregado pelas tarefas mais operacionais e burocráticas do RH como, por exemplo:

  • Admissão;
  • Exame médico admissional;
  • Cálculo da folha de pagamentos;
  • Benefícios empresariais;
  • Administração do controle de ponto;
  • 13º salário;
  • Rescisão;
  • Licenças;
  • Escalas de horário.

Ou seja, a principal diferença entre o departamento pessoal e os outros setores de RH é o fato de que o primeiro fica responsável pelas partes burocráticas da gestão de pessoas, enquanto o segundo fica a frente da gestão do clima e cultura organizacional, do recrutamento e seleção e no planejamento de cargos, por exemplo. No entanto, todas essas atividades são complementares e uma não funciona sem a outra.

Abordaremos os diferentes setores do recursos humanos com mais detalhes no próximo tópico.

Quais são os setores do RH?

A área de recursos humanos é formada por uma equipe de profissionais qualificados em gestão de pessoas que atuam em diferentes ramos da relação entre empresa e colaborador. Conheça mais sobre os principais setores do RH nos subtópicos a seguir.

Departamento pessoal

O profissional de departamento pessoal é responsável por todas as rotinas burocráticas da área, como a elaboração, distribuição, controle e o arquivamento de documentos, por exemplo. É o departamento pessoal que cuida da administração dos colaboradores e do seu histórico, desde o momento da admissão até o desligamento.

Entre as informações controladas pela equipe desse setor do RH estão:

  • Pontualidade;
  • Frequência;
  • Férias;
  • Atestados médicos;
  • Pagamento;
  • Suspensão;
  • Aposentadoria.

Recrutamento e seleção

Os profissionais especializados em recrutamento e seleção são responsáveis por uma das atividades mais importantes do RH: a atração dos talentos mais qualificados para fazer parte do quadro de funcionários da empresa.

O recrutamento e seleção também tem entre as suas funções a divulgação de vagas, a triagem de currículos e todo o planejamento e execução de entrevistas, dinâmicas de grupo e testes lógicos e comportamentais.

Além disso, a área de recrutamento e seleção é composta por profissionais de diferentes cargos e aptidões:

  • Headhunter;
  • Recrutador;
  • Analista de Recrutamento e Seleção;
  • Business Partner;
  • Psicólogo.

Cargos e salários

O setor de cargos e salários é responsável por efetuar a descrição dos cargos de acordo com as necessidades da empresa, por desenvolver o plano de carreira nas empresas que oferecem esse planejamento e por definir os salários através de pesquisas a respeito do teto salarial de diferentes funções no mercado de trabalho.

Consultoria em recursos humanos

A consultoria de recursos humanos não faz parte de uma companhia, mas é, na verdade, uma empresa terceira que é contratada para aplicar os seus conhecimentos na área de RH na realidade da contratante, segundo as suas necessidades.

A consultoria realiza um diagnóstico de diversas áreas e aspectos como, por exemplo, a cultura organizacional, competências dos colaboradores, processo seletivo ou ações de retenção de talentos.

Cada uma das empresas de consultoria em recursos humanos pode se especializar em diferentes conhecimentos como:

  • Recrutamento e seleção;
  • Gestão de pessoas;
  • Planos de carreira, cargos e salários;
  • Treinamento.

Após se informar mais a respeito da área de recursos humanos, que tal conhecer nossos serviços?

A HR4 é uma empresa especializada em recursos humanos fundada em 2010 que atua com responsabilidade social para encontrar os melhores talentos para empresas de todo o Brasil. Oferecemos serviços de recrutamento e seleção, trabalho temporário e terceirização.

Se você deseja conhecer mais sobre as atividades desempenhadas por uma Consultoria de RH especializada em Recrutamento e Seleção, confira esse conteúdo!

Dúvidas frequentes sobre recursos humanos:

Como fazer um planejamento de recursos humanos?

Para fazer um planejamento adequado de recursos humanos é necessário:

  • Conhecer as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças do departamento;
  • Conhecer os objetivos da empresa e a sua estratégia de negócios;
  • Ouvir a opinião dos colaboradores;
  • Ouvir a opinião dos gestores de cada área;
  • Estabelecer objetivos;
  • Engajar com a cultura organizacional.

Qual é o papel do RH?

O principal papel do recursos humanos é integrar os setores de uma empresa com o objetivo de gerar resultados positivos para essa. Por isso, a área é responsável por atividades como:

  • Recrutamento e seleção;
  • Cargos e salário;
  • Treinamento e desenvolvimento;
  • Controle de ponto e pagamento;
  • Plano de carreira.

O que faz uma consultoria em recursos humanos?

A consultoria em recursos humanos é uma empresa especializada que é contratada por uma organização para um motivo específico, como, por exemplo, avaliar o ambiente organizacional, os colaboradores, a cultura e os processos. A consultoria em RH tem diferentes tipos:

  • Consultoria especializada em recrutamento e seleção;
  • Consultoria de gestão de pessoas;
  • Consultoria de planos de carreira, cargos e salários;
  • Consultoria para treinamento.